Faculdade

Como eu cancelei meu FIES

Essa é uma pergunta que ouço direto. Ou os meus amigos precisam cancelar o financiamento ou conhecem alguém que precisa, então sempre tem alguém que vem me perguntar como é, como faz, etc. Por isso eu decidi vir aqui e explicar como é o processo de cancelamento antecipado – lembrando que depois de cancelado, o beneficiado perde o direito do financiamento.

Primeiramente é necessário pedir o cancelamento do contrato pelo site do sis fies (isso só é possível no período do dia 01 ao 15 de cada mês – excetuando junho e dezembro). Para logar no site você deve inserir seu CPF e a sua senha. Ao entrar, na parte central e inferior da tela tem escrito Aditamentos disponíveis com várias abas, inclusive a Encerramento. Clique nesta e no semestre em que está (no meu caso, 2º/2017). Você será direcionado aos passos para o cancelamento adiantado do contrato.

Não sei se todos, mas no meu cancelamento foram dois passos. O primeiro passo da solicitação de encerramento tinha os dados da minha instituição de ensino, o local (campus) de oferta, o meu curso, os termos do meu financimento (mensalidade, porcentagem financiada, etc) e a possibilidade de escolher a melhor forma de encerramento antecipado.

Nessa parte de escolha são dadas 4 opções e você irá escolher qual a melhor para você. São elas:

Permanecer na fase de utilizaçãoas fases de utilização e de carência são mantidas até o final do prazo estabelecido, assim como o pagamento trimestral de juros, e a fase de amortização é iniciada no mês seguinte àquele do término do período de carência. (Nessa opção, o estudante paga as parcelas trimestrais de R$ 150,00 e ao final, cumpre a fase de carência – ou seja, 18 meses pagando 150,00 – e a amortização – quita o restante do financiamento com parcelas fixas e maiores. Sendo que a fase de amorização irá começar um mês após o fim do período de carência.)

Antecipar a fase de carênciaa fase de utilização é interrompida e a fase de carência é iniciada no segundo mês subsequente ao da assinatura do Termo de Encerramento, mantido o pagamento trimestral de juros até o término da carência. (Nessa opção, o estudante começa a pagar as parcelas trimestrais de R$ 150,00 no mês seguinte à assinatura do Termo de Encerramento. Quando terminar essa etapa, ele passa a quitar as parcelas do financiamento sem ter um período de carência para isso.)

Antecipar a fase de amortizaçãoa fase de utilização é interrompida e a fase de amortização é iniciada no segundo mês subsequente ao da assinatura do Termo de Encerramento, mediante o pagamento das prestações do financiamento. (Nessa opção você paga tudo seguindo o prazo de 3 vezes o tempo de utilização do financiamento + um ano. Portanto, se o curso possui 4 anos de duração, você terá 13 anos para pagar o restante que falta.)

Liquidar o contrato no ato do encerramentoo pagamento do saldo devedor do financiamento ocorre na data de assinatura do Termo de Encerramento.

O estudante deve-se atentar às informações seguintes:

  1. O início das fases de carência e de amortização, no caso de encerramento integral nas modalidades “Antecipar a fase de carência” e “Antecipar a fase de amortização”, ocorrerá no primeiro mês do semestre de competência do encerramento;
  2. Quando se tratar de encerramento parcial, o encargo educacional é devido pelo estudante até o mês de assinatura do Termo de Encerramento;
  3. O prazo de amortização do financiamento é calculado com base no período efetivo de utilização do financiamento, excetuando-se aquele transcorrido durante o período de dilatação.

Ao escolher a melhor opção para si, o estudante irá clicar em “Gravar e prosseguir”. Com isso, o FIES irá informar o prazo para o comparecimento ao banco em que foi assinado o contrato de financiamento (caso tenha fiador, é necessário ele ir junto). Depois dessa etapa, o seu financiamento está encerrado e a faculdade irá parar de receber a mensalidade pelo sistema do FIES. Caso queira cancelar sua matrícula é necessário fazer diretamente com a instituição.

IMPORTANTE: O encerramento será feito após o primeiro dia do mês seguinte à solicitação.

É isso. Não é difícil de se fazer, mas possui certa burocracia. Lembrando que pode-se desistir do encerramento antes de ir no banco para assinar o termo, pois o pedido de cancelamento é anulado quando o estudante não comparece na agência no tempo estipulado pelo sistema. Contudo, depois que o termo é assinado, não tem como voltar atrás.

DICA: Quando fiz meu FIES coloquei meu banco em Ponte Nova justamente por possuir conta nele (já que minha mãe foi informada que o estudante deveria possuir conta no agência escolhida). Contudo, isso não é verdade. Por isso, escolha o banco na cidade em que vai estudar ou na sua cidade natal, pois assim fica mais fácil de resolver as situações na agência – principalmente se o seu aditamento não for simplificado e a cada semestre você precisar comparecer ao banco.

Anúncios
Faculdade

Eu – finalmente – passei!!

Gritar isso, apesar de que possa soar maravilhoso, não foi tão bom assim. Durante o meu terceiro ano e os meus primeiros dois anos de pré vestibular eu não prestava – pra valer – as faculdades e universidades particulares por aí. Apesar de que no Espírito Santo é comum ter cursos extras para as provas tradicionais eu nunca tinha frequentado algum e nem possuía interesse. Meu objetivo mesmo era passar em uma federal ou na universidade dos meus sonhos – UERJ.

Mas o tempo foi passando e a vaga na federal não aconteceu. Com isso, resolvi “abrir o leque de opções”, já que isso me faria ficar menos neurótica por ter mais opções. “Se não deu certo nessa, dá na próxima”.

s7ZIuAnw

Comecei meu terceiro ano de cursinho mais tranquila, mais leve. Com o tempo passando ele se tornou bem pesado e eu já não estava aguentando o ritmo. Com certeza seria meu último ano de vestibulares – com aprovação ou não. Sem arriscar pra valer nenhum vestibular de inverno, cheguei no final do ano com várias provas marcadas e prestei todos os exames tradicionais possíveis – exatamente 4.

Depois de um tempo recebi um e-mail me informando da minha primeira aprovação. Foi uma mistura de sentimentos, mas o alívio não estava ali. Eu senti que entrei em um novo problema: o pagamento da faculdade. Apesar de ter certeza que meus pais fariam tudo pra me manter o medo me pegou de jeito e eu não soube comemorar a minha conquista.

bsujbsuFoto que veio em anexo no e-mail em que fui informada da minha primeira aprovação.

Então vieram mais aprovações: das outras 3 faculdades particulares que eu prestei. Consegui FIES, deu uma aliviada, mas ainda tinha o peso de ter que arcar com aquilo tudo… Então o melhor aconteceu: fui chamada para o Cadastro de Reserva da UFOB. Meus pais levaram minha documentação e eu finalmente fui convocada para matrícula. Minha quinta aprovação é uma federal. E ela trouxe o alívio, o choro entalado, a felicidade e a gratidão junto.

E é a partir daí que começamos esse blog… “Por si só” com destino à Barreiras – Bahia.